treguas junta militarO Instituto para Democracia Multipartidária (IMD), recebeu com satisfação o recente anúncio feito pelo presidente da autoproclamada Junta Militar, Mariano Nhongo, dando conta do calar das armas por parte dos seus homens na zona centro do país e o anúncio da abertura para o diálogo com o governo para por fim aos ataques armados na zona centro do país.

Para o IMD o anúncio responde aos anseios dos moçambicanos, que depois de um ano difícil e cansados de viver em ciclo de conflitos militares almejam viver num país tranquilo podendo circular livremente, sem o risco de serem vítimas de ataques militares.

Ao anunciar o fim dos ataques armados na zona centro, o líder da Junta Militar conforma-se com a Constituição da República, que, defende o direito à vida a todos os cidadãos e a liberdade de residência e circulação.

A organização, espera, no entanto, que as declarações sejam genuínas e o diálogo venha a decorrer sem condicionalismos, até porque está em curso o processo de DDR resultante do Acordo de Paz Definitiva assinado em Agosto de 2019 e que tem merecido aplausos por parte dos dois signatários e pelos beneficiários até aqui integrados. O IMD espera que com esta abertura os elementos da Junta Militar possam se integrar no processo e garantir uma reintegração condigna.

Por este motivo, a agremiação apela a todos os cidadãos a acarinharem a atitude deste grupo e os esforços que estão a ser levados a cabo pelo governo e pelo representante do Secretário Geral das Nações Unidas para um desfecho satisfatório, acolhendo de forma pacífica os protagonistas do grupo quando forem integrados nas comunidades através do processo de DDR em curso.

A organização realça ainda no seu comunicado que a coincidência do anúncio com a quadra festiva, tem  o mérito de contribuir para que os moçambicanos festejem e façam a transição de ano num ambiente pacífico, depois de um ano difícil marcado por várias adversidades.

Contacto

+258 843066565
Avenida Salvador Allende, Nrº 753

mapa

foreignaffairsfinlandnimddemofinlandidea footerosisa footerirish aid footeruniao europeiareino dos paises baixosembsuecia

Criação e implementação: DotCom