DSC04099O Instituto para a Democracia Multipartidária (IMD), através da Academia Política da Mulher, em coordenação com as mulheres líderes de Moçambique, Angola e Cabo Verde, provenientes de Partidos Políticos, Organizações da Sociedade Civil, entidades religiosas e do Governo, membros das Assembleias Provinciais e outros,  lançaram esta terça-feira, em Maputo, as bases para a implementação de uma Agenda Sustentável da Mulher em Moçambique, um mecanismo que visa, dentre vários aspectos, massificar a participação da mulher na vida social-cultural, económica e política no Pais.

DSC 2707A Presidente da Assembleia da República (PAR), Esperança Laurinda Nhiuane Bias exortou a todas as forças vivas da sociedade moçambicana para que continuem a proporcionar à mulher maior acesso a educação de modo que tenha uma participação efectiva no desenvolvimento do país.

A PAR expressou este sentimento este sábado (10), em Maputo, durante o Fórum Anual do Gabinete da Mulher Parlamentar, organizado pela Assembleia da República com apoio do Instituto para a Democracia Multipartidária (IMD) e do Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), sob o lema “Promoção da Equidade do Género e Defesa dos Direitos da Mulher e Criança”.  

formacao mulheres reconciliacao pazO Movimento Mulher e Paz, uma iniciativa baseada na comunidade e liderada pelas mulheres, capacita, na cidade de Nampula, 25 mulheres provenientes das províncias norte do país, representando diversos segmentos sociais, desde fazedoras de política, activistas sociais, professoras, empreendedoras, líderes religiosas, líderes comunitárias, fazedoras de cultura como formadoras de formadoras, em matéria de mediação e resolução de conflitos visando a Construção da Paz, Reconciliação Nacional rumo à Coesão Social em Moçambique.

fundo soberano mocambiqueO Instituto para a Democracia Multipartidária (IMD), uma organização da sociedade civil moçambicana que trabalha no reforço da democracia, mostra-se satisfeita pela aprovação da proposta de Lei que cria o Fundo Soberano para Moçambique e considera que é um passo importante para o reforço da transparência e a sustentabilidade na gestão de receitas da indústria extractiva.

Director Executivo do IMD, Hermenegildo Mulhovo falando na Conferência sobre Gestão Sustentável dos Recursos Naturais na Construção da Resiliência às Mudanças ClimáticasO Director Executivo do Instituto para Democracia Multipartidária (IMD), Hermenegildo Mulhovo, defendeu esta quinta-feira, 24 de novembro, que o crescimento da indústria extractiva no país deve estar acompanhado por um forte compromisso, de todos os actores, com a observância dos princípios de boas práticas sociais e ambientais e do desenvolvimento sustentável.

Contacto

+258 843066565
Avenida Salvador Allende, Nrº 753

mapa

foreignaffairsfinlandnimddemofinlandidea footerosisa footerirish aid footeruniao europeiareino dos paises baixosembsuecia

Criação e implementação: DotCom